quarta, 19 de fevereiro de 2020 - 08:48h
GOVERNO ESCLARECE DÚVIDAS SOBRE PLANEJAMENTO E ORDENAMENTO TERRITORIAL.
Divulgação do projeto Zoneamento Ecológico-Econômico – ZEE, inicialmente nos municípios de Calçoene, Amapá, Pracuúba e Tartarugalzinho.
Por: Philippe Gomes/SECOM.
Foto: Philippe Gomes/SECOM.
Divulgação do projeto Zoneamento Ecológico-Econômico

ZEE vai auxiliar desenvolvimento econômico dos municípios do Amapá Planejamento e ordenamento do território deverá apontar as principais potencialidades econômicas dos municípios. Os potenciais econômicos de cada município amapaense deverão ser mapeados pelo Zoneamento EcológicoEconômico (ZEE), instrumento que permite o planejamento e ordenamento de território, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais.

Uma comitiva formada por técnicos do Governo do Amapá visitou os municípios de Calçoene, Pracuúba, Amapá e Tartarugalzinho para apresentar os benefícios do projeto para prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias.

O coordenador da Unidade de Gestão de Programas Estratégicos da Seplan, Hebson Nobre, as visitas são essenciais para apresentar o início da fase de execução do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE). “Precisamos da participação efetiva dos municípios para a execução desse projeto, que terá um sucesso efetivo com a participação direta da população”, afirmou Nobre.

O chefe-geral da Embrapa no Amapá, Nagib Melém, reafirmou que o Zoneamento Ambiental será fundamental para conciliar o desenvolvimento econômico dos municípios em harmonia com o território e o meio ambiente.

“O projeto deverá indicar as principais potencialidades e atividades econômicas de cada município, auxiliando a realização se futuros investimentos”, destacou.

A chefe do departamento de Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal do Amapá, Claudia Chelala, avaliou esse primeiro momento como positiva para o projeto, dando a oportunidade de dialogar com os agentes que terão participação direta na execução do projeto. “Esse debate veio fortalecer essa fase de planejamento que antecede a fase de pesquisa de campo que começará a ser executada ainda nos próximos meses", afirmou.

A comitiva seguirá visitando os municípios para esclarecer dúvidas sobre o projeto. Na próxima semana, o grupo estará nos municípios de Serra do Navio, Pedra Branca, Porto Grande e Ferreira Gomes.

O grupo responsável pelas visitas aos municípios é formado por técnicos da Secretaria de Estado do Planejamento (SEPLAN), Secretaria de Estado do Desenvolvimento das Cidades (SDC), Embrapa, Instituto de Pesquisas Cientificas e Tecnológicas do Estado do Amapá (IEPA) e Universidade Federal do Amapá (UNIFAP).

ZEE

Para a executar o Zoneamento Econômico-Ecológico, o Governo assinou convênio com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Ao todo serão investidos R$ 5,4 milhões em um processo que deve durar cerca de dois anos e meio.

IMAGENS RELACIONADAS
  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4
  • Foto 5
  • Foto 6
  • Foto 7
  • Foto 8
  • Foto 9
  • Foto 10
  • Foto 11
  • Foto 12
  • Foto 13
  • Foto 14
NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SEPLAN - Secretaria de Estado do Planejamento
Av. Fab, 1129 - Santa Rita, Macapá - AP, 68900-066 - (96) 2101-4601 -
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2020 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá